Análise Contábil

coursera.inc

coursera.inc

Análise Contábil

Descrição

Descrição do curso

O Análise Contábil explora como os dados das demonstrações financeiras e as métricas não financeiras podem ser vinculados ao desempenho financeiro. Neste curso, ministrado pelos aclamados professores de contabilidade da Wharton, você aprenderá como os dados são usados ​​para avaliar o que impulsiona o desempenho financeiro e prever cenários financeiros futuros. Embora muitas organizações contábeis e financeiras forneçam dados, a análise contábil implanta esses dados para fornecer insights, e este curso explorará as várias áreas nas quais os dados contábeis fornecem insights sobre outras áreas de negócios, incluindo previsões de comportamento do consumidor, estratégia corporativa, gerenciamento de riscos, otimização e mais. Ao final deste curso, você entenderá como os dados financeiros e não financeiros interagem para prever eventos, otimizar operações e determinar estratégias. Este curso foi desenvolvido para ajudá-lo a tomar melhores decisões de negócios sobre as funções emergentes da análise contábil, para que você possa aplicar o que aprendeu para tomar suas próprias decisões de negócios e criar estratégias usando dados financeiros.

Habilidades que você terá:

  • Contabilidade
  • Análise
  • Gerenciamento de resultados
  • Finança

 

Certificados compartilháveis e 100% on-line
Aproximadamente 10 horas para concluir
Curso em: Inglês
Legendas: Árabe, Francês, Portuguese (European), Italiano, Vietnamita, Coreano, Alemão, Russo, Inglês, Espanhol, Mongolian

 

Instrutor: Brian J Bushee, O Professor Geoffrey T. Boisi – Contabilidade

Instrutor: Christopher D. Ittner, EY Professor de Contabilidade – Contabilidade

Módulos e Conteúdo

Módulo 1:
Índices e previsões
- O tópico desta semana é análise e previsão de índices. Como a análise de índices envolve números de demonstrativos financeiros, incluí dois vídeos opcionais que analisam demonstrativos financeiros e fontes de dados financeiros, caso você precise de uma revisão. Faremos uma análise de índice de uma única empresa durante o módulo. Primeiro, examinaremos a estratégia e o modelo de negócios da empresa e, em seguida, veremos a análise da DuPont. A seguir, analisaremos os índices de lucratividade e rotatividade, seguidos de uma análise dos índices de liquidez da empresa. Depois de reunir todos os índices, podemos usá-los para prever demonstrações financeiras futuras. (Se você estiver interessado em saber mais, incluí outro vídeo opcional, sobre avaliação). No final desta semana, você será capaz de fazer uma análise de índice de uma empresa para identificar as fontes de sua vantagem competitiva (ou sinais de alerta de possíveis problemas) e, em seguida, usar essas informações para prever suas demonstrações financeiras futuras.

Módulo 2:
Gerenciamento de resultados
- Nesta semana, vamos examinar o "gerenciamento de resultados", que é a prática de tentar intencionalmente distorcer as demonstrações financeiras para que pareçam melhores do que realmente deveriam ser. Começando com uma visão geral do gerenciamento de ganhos, abordaremos meios, motivos e oportunidades: como os gerentes realmente fazem seus ganhos parecerem melhores, seus incentivos para manipular ganhos e como eles se safam disso. Em seguida, investigaremos as bandeiras vermelhas para duas formas diferentes de manipulação de receita. A manipulação de ganhos por meio de práticas agressivas de reconhecimento de receita é o motivo mais comum para as empresas terem problemas com os reguladores do governo por causa de suas práticas contábeis. A seguir, discutiremos os sinais de alerta para a manipulação de ganhos por meio de práticas agressivas de reconhecimento de despesas, que é o segundo motivo mais comum para as empresas terem problemas com suas práticas contábeis. No final deste módulo, você saberá como identificar o gerenciamento de ganhos e obter uma imagem mais precisa dos ganhos, para que possa pegar alguns bandidos nos relatórios financeiros!

Módulo 3:
Big Data e modelos de previsão
- Nesta semana, usaremos abordagens de big data para tentar detectar o gerenciamento de resultados. Especificamente, vamos usar modelos de previsão para tentar prever como seriam as demonstrações financeiras se não houvesse manipulação por parte do gestor. Primeiro, veremos os modelos de provisões discricionárias, que tentam modelar a parte não monetária dos ganhos ou "acréscimos", em que os gerentes fazem estimativas para calcular receitas ou despesas. A seguir, falaremos sobre os Modelos de Despesas Discricionárias, que tentam modelar a parcela em dinheiro dos ganhos. Em seguida, veremos os Modelos de Previsão de Fraude, que tentam prever diretamente quais tipos de empresas provavelmente cometerão fraudes. Por fim, exploraremos algo chamado Lei de Benford, que examina a frequência com que certos números aparecem. Se certos números aparecem com mais frequência do que o ditado pela Lei de Benford, é uma indicação de que as demonstrações financeiras foram potencialmente manipuladas. Esses modelos representam o estado da arte no momento e são o que os acadêmicos usam para tentar detectar e prever o gerenciamento de resultados. Ao final deste módulo, você terá um kit de ferramentas muito forte que o ajudará a tentar detectar demonstrações financeiras que possam ter sido manipuladas pelos gerentes.

Módulo 4:
Vinculando métricas não financeiras ao desempenho financeiro
- Vincular métricas não financeiras ao desempenho financeiro é uma das coisas mais importantes que fazemos como gerentes e também uma das mais difíceis. Precisamos prever o desempenho financeiro futuro, mas temos que tomar ações não financeiras para influenciá-lo. E devemos ser capazes de prever com precisão o impacto final no desempenho financeiro da melhoria das dimensões não financeiras. Neste módulo, examinaremos como descobrir quais medidas de desempenho não financeiras prevêem resultados financeiros por meio de perguntas fundamentais, como: das centenas de medidas não financeiras, quais são os principais impulsionadores do sucesso financeiro? Como você classifica ou pondera medidas não financeiras que não compartilham um denominador comum? Quais metas de desempenho são desejáveis? Por fim, veremos alguns exemplos abrangentes de como as empresas usaram análises contábeis para mostrar como os investimentos em dimensões não financeiras compensam no futuro e terminaremos com algumas questões organizacionais importantes que comumente surgem usando esses modelos. Ao final deste módulo, você saberá como a análise preditiva pode ser usada para determinar o que você deve medir, como ponderar medidas de desempenho muito, muito diferentes ao tentar analisar resultados financeiros potenciais, como fazer compensações entre objetivos de longo prazo e de longo prazo e como definir metas de desempenho para um desempenho financeiro ideal.

Pré-requisitos

Avaliações

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Análise Contábil”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Institucional

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com